Sob a Grande Árvore

 

Pulei o carnaval em quatro escolas e entre um desfile e outro eu tive momentos inesquecíveis com o Grande Carnavalesco da Vida.

Estive presente em corpo, alma e devoção em quatro acampamentos de adolescentes e jovens no carnaval de 2010.

Os viçosos camaradas me renovaram os artelhos e a vocação.

Eles e elas são lindamente indomáveis.

Alguns dóceis como o meu Vinícius e outros ariscos como a minha Sabrina, todos vigorosos. Por isso vejo a todos e todas como filhos e filhas.

Por falar em filhos, os meus filhos assistiram ao filme Avatar e gostaram muito. Eu mesmo os estimulei a assistirem.

Simplesmente desconsiderei as opiniões dos altos críticos de todas as academias.

Também sei das previsíveis, inócuas e pífias satanizações que os crentões paranóicos fizeram do filme.   

Deixando de lado os pedantes e esses tolos limitados e ridículos defensores da fé, sigamos adiante todos nós que temos convicções maiores.

Não precisamos temer o jeito hindu de conceituar as encarnações de suas divindades.

Quem bem sabe em quem tem crido não precisa se assustar com as descidas de Vishnu ou Krishna ou com as demais encarnações de outras religiões.

Quem segue o Verbo Encarnado não precisa passar pelo ridículo recorrente toda a vez que surgir um livro, filme ou peça de teatro que negue, ofenda ou nem considere o nosso crer e viver.

O Tadeu Bara pintou a fotografia em tela em um dos momentos do Acampamento dos Jóvens da Ibab.

A foto me fez lembrar da grande árvore do filme Avatar.

Quando assisti ao filme eu realmente viajei sem fumar.

A árvore de lá me transportou para outras árvores.

Quando o tema são as árvores, a Bíblia nos traz emblemas muito mais profundos do que aquele que o filme comunicou.

As metáforas bíblicas da terra, plantação, roça, plantas, árvores, flor e frutos atraem muitos e diferentes pássaros para a grande árvore.

Falo da Grande Árvore que vêm do pequeno grão de mostarda. E todos nós somos chamados para nos assentarmos sob a sombra dessa Árvore Reino.

Voltando a foto do Bara, pensei nos Natanaéis que lá estão registrados.

Imaginei o quanto sou visto pelo Deus Encarnado sob a sombra de minha árvore.

Assenti com a verdade de que sai debaixo de minha árvore para me juntar com os meus camaradas sob a Grande Árvore.

Anúncios

2 Respostas

  1. Ei Levi!!! Curti demais este texto e curti demais o Avatar…sabe que a despeito do que achem disto, senti o Papai falar tanto comigo enquanto assistia este filme…foi realmente bom e diferente pra mim!
    Alguma idéia de como posso ver a pintura feita do Tadeu Bara?
    AbraÇÃO!
    Déborah Munir, companheira na Jornada! rs.

  2. Opss…esqueça sobre “a pintura”, deve ser esta maravilhosa foto no início…rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: