Marcha Soldado cabeça de papel – por Gerson Freitas Jr

MARCHA PARA JESUS

Marcha soldado cabeça de papel

Por Gerson Freitas Junior

 

 

 

04Nov2009

 

 

A chamada Marcha para Jesus pode ser muita coisa, menos o que o nome pressupõe ser. Talvez fosse mais apropriado chamá-la de Marcha do Orgulho Evangélico, uma espécie de antítese ou mesmo antídoto para a Marcha do Orgulho Gay. E orgulho de ser é coisa de quem não o é em paz. O que levou esses cerca de 1 milhão de jovens evangélicos a caminhar durante todo o dia sob o sol quente num carnaval-gospel-fora-de-época não é outra coisa senão o sentimento de pertencer a um grupo discriminado (o que se confunde com fervor religioso ou até demonstração de fé).

 

“Derrubando Gigantes” foi o tema da marcha deste ano. Segundo o bispo da Renascer em Cristo e organizador do evento, Estevam Hernandes, “os maiores gigantes são a discriminação e a incompreensão”. Estevam e sua mulher, Sônia, participaram da Marcha para Jesus pela primeira vez depois de dois anos e meio vivendo nos Estados Unidos, onde foram presos e condenados por entrar com 56 mil dólares não-declarados escondidos em uma mala, num porta CD e numa bíblia. Eles são os mártires desse movimento de injustiçados.

 

Esse complexo de perseguição é a venda que impede os evangélicos de enxergar o óbvio: os interesses pessoais, a desonestidade cínica e a promiscuidade de suas lideranças mais conhecidas, que usam os “gigantes” que combatem (e um punhado de promessas) como instrumento para controlar e manipular boas almas.

 

É inegável que os evangélicos são vítimas de preconceitos ou do estereótipo que vivem a reforçar, mas também o são outros movimentos religiosos, como o candomblé, e os gays, os negros, os pobres, as mulheres e as loiras que usam microvestidos nas universidades. Até que entendam isso, vão se prestar a ser a moeda com que pastores, bispos e apóstolos seduzem políticos e compram seu acesso ao poder.

Anúncios

4 Respostas

  1. A paz de Deus,

    Amei a matéria, e o teu racíocinio lépidoe faceiro. Fantástico, que o Senhor Jesus, continue alcançando vidas, atraves do teu proprio testemunho, estilo de vida, e literatura ao pé da letra… Obrigada por tudo, creio q meu amado esposo, foi impactado neste final de semana., através de suas pregações.

    Deus te abençoe e aos teus hj e sempre…

    forte abraço

    mana Marcela Marta

  2. Falou tudo! Se o tema derrubando gigantes é uma alusão a Davi e golias, eles estão do lado do rei e do exército.

    Até porque Davi venceu sozinho só com a fé em Deus, e algumas batalhas agente não vence com multidões, vence sozinho dentro do quarto.

    Como vc me ensinou muitos anos atrás véi, Deus não trabalha com maioria, multidão.

    Como diz o petra nessa canção precisamos ter coração de herói.

  3. tá… senta lá Claudia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: